Comissão de Estudos para a nacionalização da norma ISO 22367:2020

O ABNT CB36 instalou hoje, 15 de setembro as 9 h, a Comissão de Estudos para a nacionalização da norma ISO 22367:2020 – Medical laboratories – Application of risk management to medical...

Comissão de Estudos para a nacionalização da norma ISO 15197:2013

O ABNT CB36 instalou em 14 de setembro as 9 h, a Comissão de Estudos para a nacionalização da norma ISO 15197:2013 – In vitro diagnostic test systems — Requirements for blood-glucose...

Valores de Referência no Laboratório de Hematologia: como estabelecer e como reportar

A Hemoglobina é o único parâmetro no HEMOGRAMA com material de referência internacional – padrão ouro. Outros parâmetros: Glóbulos Vermelhos, Hematócrito, VCM, HCM, CHCM e plaquetas existem...

ÂMBITO DE ATUAÇÃO:

Normalização no campo de análises clínicas e diagnóstico in vitro compreendendo orientações para laboratórios de análises clínicas e sistemas de diagnóstico in vitro, relativas a gestão e garantia da qualidade, procedimentos e desempenhos analíticos, segurança em laboratórios, sistemas e materiais de referência, bem como os equipamentos associados, no que concerne a terminologia, requisitos, métodos de ensaio e generalidades. Excluindo-se a normalização genérica de gestão da qualidade que é de responsabilidade do ABNT/CB-25.

As comissões de estudo do ABNT/CB-36

CE 036:000.001


Qualidade e Competência no Laboratório Clínico

Normalização no campo dos produtos para diagnóstico in vitro no que concerne à terminologia e requisitos.

CE 036:000.002


Sistemas de Referências

Os gestores devem ser os primeiros a comprar a ideia da inovação. Também devem ter autonomia para fazer os ajustes necessários para que questões operacionais não os impeçam de abrir caminhos para a cultura inovadora. Não é possível proporcionar um ambiente inovador quando o líder só tem mecanismos de avaliação de sua equipe para critérios operacionais, por exemplo.

CE 036:000.003


Produtos para Diagnóstico in Vitro

Quem são as pessoas mais alinhadas com o negócio e que ao mesmo tempo estão sempre demonstrando interesse em quebrar paradigmas em sua empresa? É preciso conhecer a equipe e saber o potencial que os profissionais têm para oferecer.Também considere lideranças não oficiais, tendo em mente que estas pessoas devem ser replicadoras do movimento inovador.